Browsed by
Tag: cosméticos

Cosméticos naturais, orgânicos, veganos ou cruelty-free?

Cosméticos naturais, orgânicos, veganos ou cruelty-free?

Já falamos aqui sobre um pouco sobre consumo consciente na moda e nada mais justo do que estender esse assunto para os cosméticos, afinal eles estão muito presentes no nosso dia a dia, seja no shampoo, no sabonete, na maquiagem e até na pasta de dente que usamos. Pesquisar se determinado produto é nocivo à saúde, ao planeta – ou ainda se foi desenvolvido com teste em animais – tem sido cada vez mais frequente entre os consumidores.

Por isso, eu pesquisei algumas marcas para compartilhar, mas antes vamos entender o que significa cada uma das classificações?

NATURAL:

De acordo com órgãos particulares que inspecionam várias marcas de produtos orgânicos e naturais no nosso país e lá fora, para ser natural o produto precisa conter no mínimo 95% de ingredientes naturais e 5% de ingredientes orgânicos.

ORGÂNICO:

O produto precisa cumprir as regras do natural e ainda ter no mínimo 95% dos ingredientes vegetais oriundos de produção orgânica.

A melhor forma de checar se um produto cumpre o que promete é avaliar se ele tem selos que comprovem a fórmula. No Brasil existem as certificadoras IBD e Ecocert, que regularizam os produtos com selos.

CRUELTY-FREE

Tem como princípio não ser testado em animais, valendo tanto para os ingredientes, quanto para o produto finalizado.

VEGANO:

Junta os princípios do cruelty-free com a não-utilização de ingredientes de origem animal.

O PEA (Projeto Esperança Animal) ajuda a fiscalizar e classificar as marcas nacionais “amigas dos animais” fornecendo uma lista no site, enquanto as marcas internacionais podem ser consultadas no site do PETA (People for the Ethical Treatment of Animals).

Confira abaixo 7 marcas que se enquadram em pelo menos uma das classificações acima:

Lush: Além de não fazer testes em animais, seus produtos são 100% vegetarianos e feitos à mão.

Bioart: Empresa brasileira com certificados orgânicos, naturais e livres de qualquer ingrediente de origem animal.

Lola Cosmetics: Segundo a marca, as formulações dos produtos são comprometidas com os princípios do comércio ético e justo, e, para isso, a escolha dos ingredientes é levada bem a sério. Não consegui identificar se todos os produtos da marca são veganos e cruelty-free, mas a marca afirma que se esforça para ter cada vez mais produtos de origem vegetal, orgânicos e eco certificados, não testados em animais.

The Body Shop: Possui o selo de cruelty-free e afirma praticar o comércio justo.

Granado e Phebo: Pioneira na fabricação de sabonetes vegetais, a marca é responsável pela maior produção do Brasil, e atravessa seus mais de 100 anos de existência com uma definida posição em relação à preservação do meio ambiente: desenvolver cosméticos formulados com extratos naturais, livres de corantes e de fragrâncias artificiais. Nenhum produto Granado é testado em animais.

OCC: marca nova-iorquina famosa entre os maquiadores, que é 100% vegan e cruelty free certificada pelo PETA.

Lime Crime: marca americana 100% vegan e cruelty-free.

Você conhece mais alguma marca que não entrou na lista? Comente aqui embaixo! =)